sexta-feira, setembro 6

OS TRÊS ESPÍRITOS DO HOMEM

Todo homem tem, no Mundo Espiritual, um Espírito Guardião que constantemente o protege. É comum ouvirmos dizer que o homem é filho ou santuário de Kami: isso significa que ele possui a partícula Divina que lhe foi outorgada pelo Criador e que constitui seu Espírito Primordial. 

O espírito animal agregado após o nascimento, é o Espírito Secundário; pode ser de raposa, texugo, cão, gato, cavalo, boi, macaco,doninha, dragão, "tengu" ( "Tengu": ser misterioso que, segundo a crença popular, habita as montanhas.Tem forma humana, asas, rosto vermelho e nariz comprido, sendo possuidor de poderes extraordinários.Porta sempre um grande leque. É orgulhoso e amante de discussão e jogo), aves, etc.

Em geral, há uma espécie para cada pessoa, mas em casos menos frequentes há mais de uma. Dificilmente os homens da atualidade acreditam nisso; creio mesmo que chegam a escarnecer. Contudo, através de inúmeras experiências, eu compreendi que se trata de uma realidade incontestável.

O Espírito Primordial é o bem, é a consciência; o Espírito Secundário é o mal, são os pensamentos vis. No budismo, dá-se à consciência o nome de Bodaishin (espírito do bem) ou Bushin (sentimento de misericórdia), e os maus pensamentos são chamados de Bonno (desejos mundanos).

Além desses dois espíritos - Primordial e Secundário - existe o Espírito Guardião. É o espírito de um ancestral. Quando uma pessoa nasce, é escolhido entre seus ancestrais um espírito que recebe a missão de guardá-la. Via de regra, é espírito humano, mas também podem ser espíritos híbridos de homem com dragão, raposa, "tengu" etc. 

É muito frequente, diante de um perigo, o homem se salvar miraculosamente, sendo avisado em sonho ou tendo um pressentimento. Isso é trabalho do Espírito Guardião. O mesmo se pode dizer em relação à inspiração recebida por artistas e inventores, no momento em que, compenetrados, estão criando alguma obra.  

No caso de querer satisfazer os desejos corretos do homem ou fazê-lo receber graças através da Fé, Kami atua por intermédio do Espírito Guardião. Os antigos provérbios "A verdadeira sinceridade se transmite ao Céu", ou "A sinceridade se transmite ao Kami", significam a concessão das graças Divinas através do Espírito Guardião.

Referências
MEISHU-SAMA. Coletânea Alicerce do Paraíso: O Homem, a Saúde e a Felicidade. São Paulo: Fundação Mokiti Okada, 2003. Volume 3.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...