quarta-feira, abril 3

A MENTE É A FORÇA CRIADORA

"Dominar a agressividade, suavizar as
 arestas, moderar as palavras."
Masaharu Taniguchi
Aquilo que desenhamos na mente acaba concretizando, porque o Ser do Universo nos trata igual a nossa atitude mental. Quando nosso ideal e nossa fé se elevarem para a convicção de que somos filhos do Kami, receberemos as melhores dádivas.

Quanto mais elevados os nossos pensamentos, mais dignos e felizes seremos. E, inversamente, se tivermos pensamentos e sentimentos mesquinhos, inferiores, estes se manifestarão como atos e atitudes infames. Por que ocorre isso? Porque o Universo nos trata do mesmo modo que nós o tratamos.

O mundo nos trata do modo condizente com a atitude que tomamos em relação a ele. Aquilo que desenhamos na mente acaba se concretizando porque o Ser que rege o Universo trata-nos de modo condizente com a nossa atitude mental. Em conformidade com a lei mental que desencadeia o destino, cada pessoa atrai para si coisas e fatos condizentes com o que a pessoa pensa e sente. Se vivermos com medo de algo, esse algo acaba acontecendo. 

Devemos imprimir na Mente do Universo o aspecto da coisa ou fato que desejamos. Então, a lei mental que desencadeia o destino fará com que essa coisa ou esse fato surja em nossa vida. Por isso nosso ideal deve ser o mais elevado possível, o mais sincero, sublime. Essa Verdade se aplica a todo o ideal.

Aperfeiçoar o caráter, ter um corpo perfeito, ter sabedoria para lidar com trabalhos, alcançar a felicidade etc. Se você precisa de algo, imagine que esse algo já lhe pertence, visualize-o, atribuindo-lhe um aspecto ideal.

Quanto mais perfeita for a idéia delineada por você, mais perfeito será também o que você receberá como concretização dessa idéia. O mais perfeito ideal é a convicção de que a vontade do Kami está alojada em nós, sem sofrer maculas de pensamentos errôneos de nossa parte.

Você deve mentalizar para elevar a sua alma o máximo possível. Qualquer que seja o acontecimento neste mundo, o molde foi criado pela mente. Devemos nos empenhar em elevar e melhorar o máximo possível a nossa atitude mental.

O poder da imaginação é construtivo e destrutivo. Podendo proporcionar benefícios ou causar danos.  Se nas paredes da memória colocarmos "quadros" tenebrosos e diabólicos de paixões violentas, ódios, luxúria, ganância, homicídios, suicídios e assaltos que são publicados diariamente nos jornais ao ladro de quadros de idéia de fracasso, pobreza, doença e morte, acabaremos cobrindo nosso futuro com uma tinta cinzenta.

Se nossa imaginação for ativada por uma mistura de bons e maus pensamentos, acabaremos manifestando em nossa vida imagens de infelicidade. Como se fosse um desenho, imagens comparadas aos monstros com corpo metade gente, metade animal, leões com garra e asas de águia, ou criaturas grotescas como gárgulas. Usando de forma adequada a nossa imaginação, podemos definir o rumo de nosso destino. Usando de forma adequada o poder da imaginação, podemos definir o rumo de nosso próprio destino, não existe verdade mais evidente do que esta.

As “sementes” plantadas no subconsciente crescem por si mesmas. Se você plantar em seu subconsciente a convicção de que em seu interior esta presente a cura sagrada, e essa convicção se concentrar no sentido de que a força curativa está atuando para sanar a função que o acomete atualmente, o processo de cura sagrada continuará avançando mesmo quando você não estiver consciente disso. 

Pobres são as crianças que crescem sob os cuidados de adultos que mantém essa opinião.  A imaginação é característica predominante na vida da criança. Em verdade, cada criança é um filho do Kami. A criança vive num mundo diferente do captado pelos sentidos do adulto. Segurando um pedaço de madeira, ela imagina uma embarcação. A tina cheia de água, onde faz flutuar o pedaço de madeira, é o oceano imenso na sua imaginação. O pequeno comandante carregando em seu navio chamado "Esperança”, os tesouros retirados do "armazém mental", dirige a embarcação ao porto que sua alma deseja chegar. A imaginação infantil atribui vida as coisas inanimadas. 

As crianças, riem,cantam,choram,andam, correm e lutam como se fossem heróis da mitologia grega e romana. Toda a criança possui instinto criativo. Não foi em vão que a natureza concedeu ao ser humano a capacidade de imaginar, e é um erro grave banir, na infância, essa capacidade. O poder da imaginação usado de modo adequado eleva o nosso caráter, promovendo uma força para comandar o nosso destino.

Se o mundo em que vivemos o ambiente em nosso redor parece-nos detestável, devemos transformá-lo mudando nossa própria atitude mental. O ambiente em que vivemos é produto de nossa própria atitude mental. 

Dando-nos o poder da imaginação, a natureza nos concedeu a capacidade de criar "moldes", para melhorar o destino de toda a humanidade.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...